sábado, 14 de fevereiro de 2009

O amor de mãe supera todas as barreiras...

img_2128-800x600

A Raquel está na casa da família do noivo, na Austrália... e durante esse tempo em que as notícias dos grandes incêndios em Melbourne, tem pontuado os índices de quase todas as pautas dos jornais, TVs e boletins da web, não é difícil imaginar como tem sido preocupante para esse coração de mãe absorver tanta informação.

Nesse dia 17 de Fevereiro de 2009, terça-feira, eles se casam em Melbourne. O fuso horário é complicado pra administrar. Tanto que, às vezes, fico sem referência de tempo. Estão 12h30 à frente do horário oficial brasileiro.

Uma das vantagem de ter um blog é decidir a hora e o quê escrever! Então, senti a necessidade de abrir um parentese na série "A Índia que os meus olhos viram", para contar uma curiosidade aos que ainda não se aventuraram em navegar na web através do google maps. Para os demais ele já é considerado ferramenta útil.

Vou fazer uma confidência com exclusividade aos amigos do blog, a torcida do Vasco e também do Flamengo... hehehehe... (ou minhas filhas-flamenguistas não me perdoam... rs!) Gente, tem dias que a saudade delas toma conta de mim, de tal forma, que fico tão angustiada que só a internet me salva do caos interior... realmente é muito difícil conviver com a realidade de ter filhos morando fora do país da gente!

Achei interessante mostrar como tenho conseguido superar esses momentos, contando como encontrei uma foto da casa onde minha filha está morando, na Austrália. Talvez, hajam outras mães ou pais, interessados nessa matéria sem maiores pretensões...

Eu já sabia que era possível localizar endereços por satélite. Mas a idéia de ver os locais onde moram minhas filhas, uma em Barcelona e a outra em Melbourne, aconteceu naturalmente, logo que comecei a navegar no Google Maps. Um dia eu estava conversando com uma das meninas no Skype e resolvi buscar a foto da rua, pelo endereço e o código postal. Quando visualizei a casa e comecei a descrever pra ela, foi fantástico e emocionante, a reação que nós duas tivemos!...

Inicialmente, era só uma brincadeira... eu entrava na internet e me posicionava virtualmente diante da casa como um personagem curioso... rs!!! Depois, devo confessar que esse passatempo tornou-se uma forma de aliviar a vontade de estar com minha filha e uma divertida brincadeira que me transportava para além dos muros. Ás vezes, quando a encontro online, acontece a grande magia do mundo virtual e nos divertimos muito... apesar da imensa distância física que nos separa. A verdade é que o amor de mãe supera todas as barreiras!!!

Nesse trecho, cheguei a reproduzir o mapa da rua e a foto da casa, mas decidi retirar por precaução, depois que uma companheira da blogosfera, me alertou sobre os perigos da exposição na internet...

Muito obrigada a ela por esse alerta! Valeu!

Fiquem com Deus, um beijo de carinho, Paz e Bem pra todos!

Nenhum comentário: