terça-feira, 26 de agosto de 2008

Parabéns Raquel!

Querida filha, Parabéns hoje e felicidade Sempre!Que a luz da Nossa Mãezinha Celeste, te acompanhe iluminando os caminhos por onde você passar e brilhe sempre em sua vida! Te amo! Seja feliz e cuide-se bem! Todos os seus tios e tias, primas e primos, suas avós e seus amigos me pedem pra te dizer que desejam tudo de melhor pra você! Que os anjos a protejam! Muito beijos e todo amor da sua mamita! Um carinhoso abraço ao James. Ele é o filho que eu sempre quis ter!

Ana Paula, Parabéns pelo seu aniversário!

Minha filha muito amada, esse recadinho do coração, traz uma Bênção iluminada pela Mãe Celestial para lhe desejar toda sorte do mundo! Muita luz e abundantes graças em sua vida, derramdas em forma de amor, saúde, grandes realizações e paz no seu coração. Os beijinhos mais carinhosos e amorosos da sua mamita. Deus lhe abençoe!

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

No brilho das medalhas olímpicas... Raquel estava lá...









Faltando 20 minutos para o início da disputa pela Medalha de Bronze, no voleibol de praia, a Raquel me ligou:

"mãe, estou na arena de praia, próximo ao mastro das bandeiras, junto das tendas, estou vestida com o uniforme da Omega (camisa branca e vermelha), fica atenta, ok?"

Não resisti e liguei para os tios Serginho e Geraldo; as tias, Cosmeli e Higina; para a madrinha Alzira; avisei os primos Felipe, Daniel, Pedro, Manuela; até alguns amigos mais íntimos... Nem precisava dizer, porque vocês já imaginam, que passei o tempo do jogo, todinho, procurando por ela... claro que não vi o jogo direito, porque ficava atenta à tela, quando era focalizada à direção em que ela disse que estava. Hummmm... acho que paguei um mico daqueles! Procurar alguém durante uma transmissão na tv, é quase como procurar agulha em um palheiro... rs! A torcida brasileira uniformizada, sempre aparecia! Mas cadê a Raquel, nossa brasileirinha com uniforme da Omega? Não consegui ver! E eu queria tanto!... Desde que chegou a Beijing, ela está sem internet... por isso fiquei tão contente! Seria ótimo! Mas, valeu o carinho dela em nos avisar! Realmente, teve um momentinho que eu creio - disse creio - ter visto minha filha... na verdade, eu queria tanto ver, que posso ter identificado o rosto dela na minha imaginação... (risos).





Márcio e Fábio garantiram a Medalha de Prata!

E a farra da procura continuou, quando começou o jogo pela Medalha de Ouro na mesma arena. Ela estava lá... mas cadê Raquel?

Ainda bem, nem sofri!... Não deu pra me concentrar neles! Eu só pensava em localizar a Raquel!

Valeu rapazes! Tudo bem! A Medalha de Prata é muito importante!

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Vamos lá Brasil!!!





Já passavam das duas madrugada e eu estava quase dormindo, quando ouvi o telefone tocar... era a Raquel, ligando de Pequin. Ouvi a sua voz límpida me dizendo: "oi mãe, tudo bem?" Nossa! Adorei! Meu rosto acendeu de alegria! Fiquei eletrétrica! Interessada na conversa... e ela me contou algumas coisas sobre o trabalho e, também da sua frustração no dia anterior. Ela estava de folga naquele dia e havia ganho um convite para a tribuna da Omega (um dos maiores patrocinadores dos jogos), então, vestiu-se de verde-amarelo e foi ao jogo torcer pelo futebol masculino em Pequin... "Que pena! Não consegui gritar gol nenhuma vez!" Lamentou por ela e pelos chinesinhos que se vestiram de amarelo para torcer pelo Brasil... sorte pra Argentina, que ficou com a chance de conquistar a Medalha de Ouro, nas Olimpíadas de Beijing...

Procurei amenizar a conversa falando sobre a importância do nosso futebol olímpico estar entre os quatro melhores do mundo... "Vamos torcer pelo Bronze!" - eu disse. E continuei: "-Precisamos aumentar o nosso quadro de medalhas... Ganhar não é tudo! O importante é competir e mostrar que o esporte contribui para a união dos povos. Se a Argentina vencer a final, o nosso continente sul-americano estará bem representado. Eles tinham que defender o orgulho de campeões olímpicos! E além de tudo, o povo argentino anda muito sofrido. Acho que será bom pra eles. Os atletas brasileiros tem feito uma boa participação e merecem as nossas melhores saudações olímpicas! Certamente, eu e muitos outros brasileiros, só não entendemos, como e porquê, esse gigante chamado Brasil, tem apenas uma Medalha de Ouro...!"

Penso que o governo brasileiro precisa demonstrar, com atitude, que entende a importância da formação atlética para nossos jovens! As escolas públicas, deveriam ter um programa patrocinado pelo governo, agregando o fornecimento da merenda escolar com a formação de atletas olímpicos. Talvez, isso os motivasse aos estudos e até reduzisse a taxa de problemas das escolas públicas com o aliciamento de jovens por marginais para servir ao mundo do crime... e tantas vidas poderiam ser salvas com uma carreira no atletismo!!!

Nesse momento, o governo poderia trabalhar a serviço da cidadania dos seus eleitores e reverter todos os gastos na campanha política em favor de mais esperança para as famílias, que não tem recursos para oferecer uma educação de qualidade aos seus filhos...

Se a iniciativa privada fosse incentivada, poderia se engajar com força nessa campanha... Óbvio que precisávamos de outros critérios, diferentes do que aconteceu com o dinheiro do Bingo no Brasil... Parafraseando o Boris Casoy: Uma vergonha!!!

N verdade, acredito que o Brasil tem jeito sim!!! Falta VONTADE!!!

O governo precisa dar mais atenção a nova geração que está se formando. Aliás, isso é uma conversa velha! O Pelé, já vem pedindo isso há muito tempo: "cuidem das criancinhas!" alguns achavam que era demagogia, mas ele, sempre esteve certo! Por isso, é o Embaixador do Brasil no mundo.

Existe um contingente numeroso de crianças e jovens carentes no Brasil, isso é fato!Mas é fato também, que eles têm o direito de sonhar com vitórias! Ainda que, todos reconheçamos o quanto é difícil ter medalhas (e os atletas sabem disso como ninguém!) no entanto o mais importante é considerarmos que o Brasil pode sim! Pode e merece, o direito de se fazer representar entre os melhores do mundo!!! Nós temos material humano para trabalhar! Falta estímulo! Apoio! Incentivo!

Basta olharmos atentamente esse momento olímpico, e enxergar a resposta que está diante de nós!!!

domingo, 17 de agosto de 2008

Entre Julho e Agosto de 2008 em Pequin / China - Olimpíadas de Beijing...




algumas notícias para satisfazer aos familiares e amigos. Beijos a todos!

"Queridas e queridos, aí tem uma seleção dos dois principais monumentos de Beijing: The Forbiden City ( A Cidade Proibida) e Temple of Heaven (O Templo dos Céus)o lugar da colheitas. Desde que comecei a trabalhar não posso tirar fotos durante o trabalho, assim que não tenho fotos minhas. Mas a Omega tem fotógrafos que nos acompanham, em todas as viagens que fazemos. Até o final dos jogos vou tentar copiar as fotos deles, pois saí em várias, He! He! He!...

E assim mãe, você fica mais tranqüila, ok?

Mil beijocas!
Amo vocês,
Quéu"


conversa de texto, via skype...


Raquel: oi mãe...

Labouré: Oi Raquel, estou lendo o seu e-mail com os olhinhos cheios d’água... Obrigado filha! Já estou respondendo.

Raquel: que legal / tudo bem contigo mãe? / eu estou na rua e a sorte é que o lugar onde eu estou, parada hoje, tem internet, assim que eu trouxe o meu computer e estou esperando os clientes da Omega usando a internet... / o ruim é que a bateria do meu computer está quase no fim... / eu estava aqui faz mais de uma hora... / na verdade quase 2 / e hj a tarde estive também, por umas 3 horas...

Labouré: Já leu meu e-mail? escrevi com todo coração pra vc!

Raquel: estou indo no gmail agora mesmo / mas e aí? Está tudo bem mãe?

Labouré: aqui está td bem graças a Deus / e aí? viu o jogo de volei de praia do Brasil? nossa! as meninas do Brasil ganharam o volei de praia contra a Austrália, já classificadas pra semifinal... Adorei! O jogo foi emocionante!
Raquel: qual foi o resultado?
Labouré: Brasil 2 x0 Austrália
Raquel: legal!!! vou zoar o James / vc sabe se o Brasil joga amanhã?

Labouré: que pena! não sei responder ao certo... / acho que joga hoje, quer dizer, amanhã pra vcs... / agora são 10h28 da noite de domingo, pra vc, certo?
Raquel: sim, pra mim já é noite de domingo

Labouré: aqui está começando o dia... isso faz uma confusão na minha cabeça!... porque quero sempre tentar estar conectada num horário possível de falar com algum de vocês... fico acordada até tarde vendo os jogos... isso tem me ajudado a falar com James / quando ele liga o computador no trabalho, vejo pelo skype, aí aproveito pra mandar meus beijinhos pra vc e dar as notícias de última hora... já conseguiu ler a minha resposta ao seu e-mail?

Raquel: to lendo agora. Infelizmente eu não tenho fotos minhas...
Labouré: que pena que não tem uma foto sua pra mandar!!!
Raquel: tenho, mas não aqui da China... daqui tenho mais dos monumentos, porque quando tiro as fotos é difícil eu aparecer nas mesmas... rs!!! / quando vou trabalhar eu não levo a câmera... pq é uma das grandes e é pesada... E eu fico com medo de andar com ela na mochila e acabar quebrando... / mãe, eu quero as fotos também, assim, fica tranqüila que eu vou tentar com os fotógrafos esses dias...

Labouré: entendo... sei como é... o trabalho vem na frente... Por favor, tenta copiar com os fotógrafos, ok? / sabe como é... nossa família, seus amigos, sempre me pedem fotos suas na China...

Raquel: pois é mãe.. mas eu estou trabalhando... / e como disse no e-mail, não posso tirar fotos quando estou trabalhando...

Labouré: e quando não está trabalhando?
Raquel: eu trabalho o dia todo, quando não trabalho, eu durmo mãe! É muito cansativo!!!

Labouré: é a saudade sabe? / sinto falta de ver seu rosto... / na verdade, o mais importante é agora estar falando com vc! / É saber que vc está bem... / me conta do trabalho... está correndo bem?
Raquel: sim

Labouré: me conta aí, como está sendo pra você, sem falar mandarin?
Raquel: eu aprendi algumas palavrinhas, mas sempre tenho comigo alguém que fala mandarin. Antes de cada saída, recebo um roteiro, escrito em inglês, para usar no trajeto do ônibus. Além disso, já fiz os roteiros na fase do treinamento, e recebi as informações mais importantes para não sair nada errado.

Labouré: vc é que fala com os convidados ou são elas?
Raquel: todas

Labouré: vc os acompanha nos eventos ou só nos passeios?
Raquel: nos eventos também / eu vi o Brasil jogar...
Labouré: jogo de futebol??

Raquel: não. Eu vi o volei de quadra, ping pong e natação / mas ainda não vi o Brasil ganhar... / quer dizer... vi sim. No volei...

Labouré: foi emocionante a Medalha de Ouro do Ciello, vc viu?
Raquel: vi na TV

Labouré: que pena! Acabo de ver um acidente com um cavaleiro brasileiro... estava indo tão bem! o cavalo dele caiu e ele foi jogado ao chão, quase no final da prova... Felizmente, ele não se machucou como o outro atleta, que caiu antes dele!
Raquel: que pena!

Labouré: vc já foi a Macau?
Raquel: não. Macau nao é Beijing. Estou trabalhando em Beijing e não tenho tempo de ir a Macau...

Labouré: agora está por poucos dias para terminar... quantos faltam?
Raquel: 7 dias
Labouré: filha, depois do final das olimpíadas, vcs ainda ficam aí, por quantos dias ?
Raquel: termina no dia 24, mas agente só termina de trabalhar no dia 26 e, vamos embora no dia 27. / o nosso visto termina no dia 28

Labouré: filha, estou torcendo para dar tudo certo / Vcs vão viajar de Pequin pra onde?
Raquel: vamos descansar na Thailandia...
Labouré:Nossa!!! Vão comemorar muito bem o seu aniversário !!!
Raquel: mãe a minha bateria pode acabar a qualquer momento...